Tipos de Cronograma

Umas das primeiras coisas que vai ter de perceber antes de começar a construir o seu Cronograma é a sua disponibilidade de tempo e rotina de forma a “encaixar” estas tarefas no seu dia-a-dia.

Se trabalha toda a semana fora de casa e chega cansada e tarde a casa todos os dias, talvez não faça muito sentido que planei tarefas de limpeza para a semana. Talvez pode focar-se em tarefas de manutenção e deixar as limpezas para o fim-de-semana. Por outro lado, se está em casa durante a semana e tem disponibilidade, talvez possa tirar 30 minutos por dia para limpar uma divisão cada dia ou fazer algumas tarefas. Existe ainda a possibilidade de ter ajuda de alguém em casa, neste caso também pode definir o que é feito por quem e em que dias.

Alguns exemplos de Tipos de Cronogramas são:

  • Fazer tudo de uma só vez – escolher um dia por semana e fazer todas as tarefas de limpeza nesse dia. 
  • Distribuir pela semana – fazer todos os dias um pouco. Dividir as tarefas ou divisões da casa pelos dias (por exemplo: quartos à segunda, casas de banho à terça, sala à quarta, etc ) e tirar o tempo que precisa (15min, 30min ou 60min) para fazer essas tarefas todos os dias.
  • Para quem tem ajuda – se tem uma pessoa que vai a sua casa ajudar, adapte  de acordo com as horas e dias em que essa pessoa vai a sua casa. Defina tarefas e explique como gosta que as tarefas sejam feitas.
  • Limpezas sazonais – uma ou duas vezes por ano pode fazer limpezas mais a fundo, como na primavera e no outono, e definir um cronograma para essa altura específica do ano. Por exemplo: limpar paredes da casa de banho, limpar o interior dos armários, arrastar frigorífico, etc.

Já pensou no que funciona melhor para si e para a sua família?


TAREFA OU DIVISÃO?

Outra coisa que eu acho fundamental para decidir como Construir um Cronograma que funcione para si, tem a ver com o tipo de abordagem que prefere. Isto é: gosta mais de focar-se na Tarefa ou na Divisão?

Por exemplo: se for uma pessoa mais focada na tarefa, o mais lógico será organizar toda a sua rotina à volta disso, ou seja, aspirar, limpar o pó, etc. E assim, vai acabar por escolher aspirar ou limpar o pó da casa toda de uma só vez. No caso de estar mais focada na divisão, vai organizar a sua rotina à volta de cada uma das divisões da casa, por exemplo: o quarto. E fazer todas as tarefas (aspirar, limpar o pó…) nessa divisão de uma só vez.

Isto pode aplicar-se à limpeza feita de uma só vez, ou repartida pelos dias da semana. Ou seja, posso escolher limpar a casa toda num dia, mas organizar-me de forma a fazer por tarefas ou pelas divisões.

Cada uma delas terá as suas vantagens e desvantagens. O que prefere para si? Tarefa ou divisão?