Ferramentas para envolver as crianças

Aqui deixo 2 exemplos de ferramentas que pode utilizar para envolver as crianças:

  1. QUADROS DE TAREFAS – Uma das ferramentas simples que pode utilizar para coordenar e incentivar os seus filhos a participar nas tarefas da casa é o chamada Quadro de Tarefas ou também às vezes referido como Quadro de Recompensa. Na prática é uma tabela com as atividades a realizar, o nome de quem as realiza e os dias da semana. Depois pode ter espaço para registar as tarefas concluídas. Existem vários tipo no mercado, mas também pode fazer a sua. Pode fazer um quadro por cada membro da família, ou optar por ter uma tabela de tarefas e rodar. Por exemplo: uma semana a pessoa x põe sempre a mesa e na semana seguinte e outra pessoa. Rodar as tarefas é muito importante. Recolhi alguns exemplos de quadros de tarefas aqui.


  2. QUADRO DE ROTINAS – Outra ferramenta que eu gosto de usar é um quadro de rotinas, que na prática é um quadro para que a criança saiba que rotinas tem de fazer em determinada hora do dia. Este tipo de quadro ajuda a simplificar, por exemplo, as tarefas que a criança deve realizar de manhã e ao final do dia. Com o quadro, o seu filho vai conseguir visualmente ter uma ideia das tarefas que tem de fazer e assinalar as que já foram feitas. Comece com atividades bem simples, só para os momentos de deitar e acordar. Por exemplo: de manhã: vestir, lavar dentes, pentear e ao final do dia: lavar dentes, arrumar brinquedos e vestir pijama. Adapte à idade da criança e à medida que determinada rotina já está interiorizada pode começar a incluir novas. Este tipo de quadro pode ser uma grande ajuda quando falamos de criar rotinas mais tranquilas para a sua família e um incentivo para que o seu filho se torne mais autónomo. Recolhi alguns exemplos de quadros de rotinas aqui 

Em alguns casos há quem goste ou prefira fazer um mix de ambos os quadros – com tarefas pessoais ligadas às rotinas e depois tarefas mais gerais e partilhadas em família. Por exemplo: vestir, fazer higiene, fazer a cama, tomar banho, levantar a mesa, varrer, etc.

E ambos os casos pode decidir ou não dar algum tipo de recompensa ou incentivo.