Dicas extra

  • Como escolher o cabide certo? Sabia que escolher o cabide certo é meio caminho andado para cuidar e prolongar a vida da sua roupa? A escolha do cabide errado pode estragar a peça deformando e vincando a mesma. Para além de existirem tipos de roupa, que pelo seu material, nunca devem ser pendurados. Ver bullet seguinte. Para dar uma ajuda, aqui deixo 6 tipos de cabides que pode utilizar, sendo que os 2 primeiros são os meus preferidos:
    • Cabide de Madeira: Resistente e duradouro, Mais caro, Ocupa mais espaço por serem mais largos. Usar para casacos, blazers, camisas e vestidos, em especial peças mais pesada e estruturadas. 
    • Cabide de Veludo: Mais finos = ocupam menos espaço, Já encontra a bom preço, Não deixa escorregar as peças, pela sua textura, Pode comprar em várias cores. Por  norma, serve para qualquer tipo de roupa: camisas, blusas, calças, tops, vestidos, t-shirts….
    • Cabide com Pinças: Este tipo de cabide é caraterizado por ter 2 pinças em cada lado. Use para pendurar peças como saias, calções e até calças, Encontra em diversos materiais como madeira, plástico, acrílico e veludo. Pode comprar as pinças à parte e aplicar no cabide.
    • Cabide de Acrílico: Mais durável e esteticamente bem mais bonito. Use para pendurar qualquer tipo de roupa.
    • Cabide de Plástico: Economiza espaço e é, por vezes, mais barato, Tendência para deformar com o tempo, se usar para pendurar peças mais pesadas. Use para peças mais leves e com alças.
    • Cabide de Metal: Resistente se for de boa qualidade, Poupa espaço pois é fininho. Use para pendurar qualquer tipo de peça. Esqueça os de metal das lavandarias, que são de arame. Esses cabides duram pouco e podem estragar os tecidos, para além de enferrujarem com facilidade. 
    • Para além destes, vai encontrar no mercado uma variedade enorme de cabides para organizar os seus acessórios, como por exemplo: lenços, gravatas, calças, cintos, malas e até sapatos.
  • O que dobrar e o que pendurar? A escolha entre dobrar e pendurar é tão importante como escolher o cabide certo, uma vez que a escolha errada de um ou outro, pode estragar a peça de roupa, deformando, vincando ou mesmo promovendo a proliferação de bolor.Na verdade, isto não é ciência exata, pois existem algumas peças como calças, calções, t-shirts que tanto podem ser penduradas como dobradas. Por isso, existem ainda dois fatores que acho que deve ter em consideração quando tem que decidir o que pendurar ou dobrar, para além do tecido:
    • Espaço disponível – deve ter em conta o espaço que tem disponível no seu roupeiro para decidir se pendura ou dobra as peças. Passo a explicar: pessoalmente prefiro calças penduradas, no entanto, se não tiver espaço para as pendurar, pode dobrar. E o certo é que material como ganga, pode ser pendurada ou dobrada, tudo depende do espaço disponível.
    • Rotina diária– analise a sua rotina diária e adapte a organização do seu roupeiro ao seu dia-a-dia de forma a facilitar retirar e voltar a guardar a roupa. Um exemplo disto foi a mudança que fiz no roupeiro do meu filho, onde decidi pendurar a maioria da roupa dele para facilitar a sua rotina. As 3 vantagens de passar tudo para cabides foram:
      1. Roupas que deve dobrar: Roupa interior, Pijamas, Meias e collants, Fatos de banho e biquínis, Roupa de ginásio, Camisolas de inverno e finas de meias estação, Encharpes e cachecóis
      2. Roupas que pode pendurar ou dobrar, dependendo do espaço disponível: Calças de ganga, Calções, Saias, T-shirts, pólos de manga curta ou comprida
      3. Roupas que deve pendurar: Camisas, Blusas finas, Coletes, Vestidos e macacões, Blazers, casacos e sobretudos, Peças de cabedal ou mais estruturadas
  • Como organizar bijuteria & acessórios?
    • Use divisórias nas gavetas para organizar acessórios como óculos e cintos. 
    • As caixas com gavetas em acrílico também são excelentes e permitem ver o conteúdo.
    • Quadros de cortiça ou placards são ótimos para organizar bijuteria como colares e brincos.
    • Hoje em dia existem guarda-jóias com muitas divisões e personalizados ao acessório a organizar.
    • Use mãos de porcelana para organizar os anéis e árvores/candelabros para pendurar fios e pulseiras. 
    • Para quem gosta de reciclar – pode fazer organizadores a partir de frasquinhos, embalagens de ovos, couvetes de gelo…
    • Pode usar o interior da porta do seu roupeiro para pendurar gravatas e lenços.
  • Como organizar sapatos?
    • O ideal é ter uma sapateira para guardar os sapatos. Coloque no hall de entrada e tenha o hábito de trocar de sapatos assim que chegue a casa.
    • Se guarda os sapatos no roupeiro, pode usar gavetas deslizantes, caixas transparentes ou organizadores que lhe permitam otimizar o espaço e visualizar todos os pares.
    • Se não tem muito espaço, opte por ter unicamente os sapatos da atual estação, e guarde os outros em caixas por cima de um armário, debaixo da cama ou na arrecadação.
    • Use enchimento para guardar as botas de cano alto para que o cano não parta – pode usar um produto próprio ou cortar um chouriço de piscina e utilizar como enchimento.
  • Como organizar malas e carteiras?
    • Use enchimentos para que a bolsa não se desforme quando está guardada.
    • Use separadores em acrílico para organizar as bolsas e carteiras mais pequenas.
    • Crie o hábito de não guardar todos os papéis das compras e multibanco – a menos que seja necessário. Se não consegue evitar, faça periodicamente uma limpeza à carteira.
    • Para quem troca de mala com alguma regularidade – por exemplo, todos os dias – invista num organizador. É uma divisória portátil, cheia de bolsos, que pode facilmente retirar de uma mala e colocar dentro de outra. 
    • Use e abuse de BOLSAS para organizar objetos similares – uma bolsa para guardar todos os produtos de higiene, maquilhagem e medicamentos. Um estojo para canetas. Um porta-cartões para os cartões de desconto.
    • Crie o hábito de limpar a mala sempre que a trocar para que esteja limpa e pronta para a próxima utilização.