16 hábitos indispensáveis para manter a casa ( e a sua mente) em ordem

  1. Faça listas – As listas ajudam  a priorizar as coisas mais importantes, criam disciplina e poupam tempo, evitando erros ou esquecimentos. Se como eu, sofre do “síndrome das listas”, ou se simplesmente quer organizar-se para despachar assuntos ou ter controlo sobre tudo o que tem de fazer, aqui deixo algumas dicas de como ser mais produtiva utilizando este método tão simples e eficaz:
    • Escolha a ferramenta – pode ser em papel, num Excel, ou numa app, o importante é que escolha a ferramenta certa para si. Escolha algo que seja simples. Agora, se escolher utilizar uma app no telemóvel, não caia na tentação de apontar noutro sítio qualquer. Evite duplicar!!
    • Faça listas pequenas e simples – evite listas gigantes, caso contrário vai sentir-se completamente desorientada e sem saber por onde começar. 5 a 10 itens na lista são suficientes.
    • Categorize – separe os temas para poder encontrar mais foco. Por exemplo, trabalho, pessoal, tarefas da casa, projetos, etc. Não misture as tarefas de categorias diferentes, ficará confuso para si, e corre o risco de se esquecer do que tem para fazer.
    • Priorize – Agora que construiu uma lista simples e com temas agrupados, está na hora de assinalar as prioridades. Não deixe passar datas importantes porque se esqueceu de dar prioridade a um tema.
    • Comece a riscar a lista – não deixe para amanhã o que pode riscar hoje!!
  2. Faça a cama – Uma cama feita transforma qualquer quarto e faz o quarto parecer em ordem. Para além disto, em termos de produtividade, vai ficar logo com a primeira tarefa concluída do dia, e assim, ganhar energias para começar a tratar das restantes.
  3. Compre de forma consciente – Diariamente toma decisões sobre o que compra, seja num loja de roupa ou mesmo no supermercado. Pois a partir de agora tem que tomar essas decisões de forma consciente todos os dias, em qualquer compra. Preciso disto? Já tenho em casa? Posso pedir emprestado? Ter este pensamento e não agir por impulso, vai poupar dinheiro e evitar encher a casa de coisas que não precisa. Para além disto, fazer compras de forma mais consciente também é melhor para o nosso planeta – levar um saco e evitar os de plástico, fazer melhores escolhas nos detergente ou mesmo nos eletrodomésticos que usa em casa.
  4. Devolva as coisas ao seu lugar – Regra nº 1 da organização (e da manutenção dessa mesma organização): tudo deve ter o seu lugar em casa. Seja uma gaveta, um cesto ou um armário – todos os objetos em sua casa têm de ter um lugar fixo, isto é, uma “casa” para onde voltar depois de serem usados. Cada vez que utilizar algo, devolva ao seu lugar. E quem morar lá em casa também deve fazer o mesmo. Este exercício vai evitar que perca tempo à procura de algo e também aquela desarrumação generalizada de objetos fora do sítio que depois terá de arrumar.
  5. Arrume na hora – Na sequência da anterior, tenho uma dica de ouro para manter a organização da sua casa. Arrume na hora. Isto é: se sujou um prato, lave-o logo a seguir. Tirou do lugar e já terminou de usar? Devolva ao seu sítio. É muito simples e vai a ajudar a que não tenha de perder mais tempo mais tarde, quando tiver pequenas tarefas acumuladas por fazer. Este hábito, pode ajudar a reduzir todos os outros. Por exemplo, se for limpando e arrumando à medida que cozinha, aproveitando aqueles momentos em que o arroz está a fazer ou a comida está no forno, é meio caminho para não ter que perder tanto tempo a arrumar a cozinha no fim do dia. E assim, podia aplicar a uma sériede situações.
  6. Invista em produtos que a ajudem a simplificar rotinas –  Este hábito é daqueles que eu acho também podem ser regra de ouro. Existem cada vez mais aparelhos ou utensílios que podem facilitar muito (e nisto é mesmo poupar tempo e dores de cabeça!) a sua vida e rotina diária de limpeza na casa e que acho valem a pena o investimento. Um exemplo disto é um robot aspirador. Começamos a usar em 2021 e não quero outra coisa. Coloco a funcionar em divisões diferentes cada dia e o certo é que ajuda a prolongar a limpeza a fundo que feita uma vez por semana. E para quem tem animais, acho mesmo fundamental. O facto de entrar numa divisão e ver um tapete aspirado, dá logo uma sensação de limpeza. Ainda por cima sem esforço! Verifique áreas da sua casa que lhe dão problemas e pesquise soluções para as resolver. Nós resolvemos as dores de cabeça de ter de aspirar todos os dias a casa para apanhar os pelos da nossa cadela, com o robot.
  7. Arrume a papelada – Correio, recados da escola, faturas de supermercado, publicidade. Não há nada pior que acumular papel na mesa da entrada, e deixar passar datas ou pagamentos importantes porque não leu um aviso. Faça uma triagem assim que chegar a casa ou assim que receber os papéis e deite fora os que não interessam. Reserve um espaço para colocar os papéis assim que chega a casa. Pode ser um cesto ou uma travessa no hall de entrada ou por exemplo no seu Centro de Comando (do qual falarei na aula 3 deste módulo). Divida por papéis para arquivar e outros que precisam de uma ação mais imediata.
  8. Dê um jeito na cozinha no final de cada dia  – Começar o dia com uma pilha de loiça por lavar é para mim das piores coisas. E quem diz loiça, diz também migalhas no chão e bancadas cheias de coisas. Crie a regra de dar um jeito na cozinha no final de cada dia. Basta que lave a loiça ou ponha a loiça na máquina, limpe as bancadas, varra o chão e passe uma mopa, para que o seu dia termine e comece da melhor forma.
  9. Use etiquetas e organizadores – Sou muito fã de etiquetas como já pode verificar no módulo de organização da casa. As etiquetas são o complemento ideal ao ponto 4 desta lista, em especial se partilhar a casa com mais pessoas. Identificar o local de cada coisa ajuda a prolongar a organização da sua casa. Identifique caixas, gavetas, estantes, dossiers de forma a facilitar o seu dia-a-dia.  Pode fazer isto escrevendo à mão, pendurando um papel, assinalando com uma fita ou (e a que eu mais gosto) usar etiquetas ou autocolantes. E se etiquetas ajudam a manter a organização, ter organizadores também ajudam e muito. Mas atenção – nunca compre organizadores sem primeiro analisar como os vai usar. O pior erro que pode cometer é pensar que basta comprar organizadores para ter a casa organizada.
  10. Arrume a roupa do dia – No final do dia, antes de se deitar ou mesmo quando chega a casa e troca de roupa, tenha por hábito arrumar a roupa que vestiu nesse dia. Volte a guardar a roupa no roupeiro ou nas gavetas ou coloque no cesto da roupa suja para lavar. Para facilitar esta tarefa, ter um cesto da roupa no quarto ajuda muito. Uma dica para ajudar com esta tarefa é evitar ter superfícies que possam promover a acumulação de roupa. Um sofá ou um banco são os seus piores inimigos.
  11. Tenha uma rotina de limpeza – Como viu no módulo 3, ter um Cronograma de Limpeza da sua casa é fundamental para ter melhores rotinas de limpeza e deixar de perder tempo diariamente com tarefas que não acrescentam valor. Defina a periodicidade com que quer fazer determinadas tarefas e tenha controlo da sua casa. Só assim vai conseguir deixar de se sentir perdida com tudo o que tem de fazer. Outra vantagem de ter um cronograma de limpeza é poder distribuir tarefas pela família e assim minimizar a carga de trabalho.
  12. Distribua tarefas pela família – Sim, ouviu bem. Cabe a todos a tarefa de manter a casa organizada e arrumada. Dividir e rodar as tarefas por todos os membros da família é fundamental para manter a ordem na sua casa. O que se procura, é que cada membro da sua família perceba que se cada um fizer a sua parte,  muito tempo, discussões e dores de cabeça vão ser poupadas. Na próxima aula entro em mais detalhe neste ponto e dou muitas dicas de como envolver a família nas tarefas da casa.
  13. Dê um jeito na casa de banho – Por norma uma das divisões (para além da cozinha) que se suja mais. Principalmente se é partilhada por várias pessoas na mesma casa. Ao final do dia pendure as toalhas e guarde os produtos soltos nas bancada. Para facilitar esta rotina diária de arrumação, a minha sugestão é que cada pessoa da família tenha um cesto. E que esse cesto possa ser guardado num móvel ou prateleira no final do dia. Assim, permite rapidamente dar um jeito na casa de banho e preparar para a manhã seguinte. Em relação à limpeza, passe um pano nas loiças, coloque um desinfetante na sanita (e passe a piaçaba), areje bem o espaço (para evitar formação de bolor) e passe um rodo nos vidros depois de cada utilização do chuveiro. Vai ver como estes passos ajudam a prolongar a limpeza da sua casa de banho.
  14. Perfume a sua casa – No módulo 3 falei de cuidado e limpeza da casa e sou sem dúvida muito fã de uma casa cheirosa e perfumada. Areje a casa todos os dias, use perfume nos tecidos (por exemplo, nos lençóis quando faz a cama), velas, ambientadores, difusores de aroma ou flores naturais para perfumar o ambiente. Encontre o aroma perfeito para a sua casa e cuide dela todos os dias!
  15. Use a técnica do cesto  – Este é sem dúvida um dos meus “segredos” para manter a casa em ordem: a técnica do cesto. Algo muito simples, rápido e que pode fazer toda a diferença para dar um “jeito” na casa e devolver ao sítio, aqueles objetos que durante o dia vão ficando “espalhados” pela casa. São 4 simples passos:
    1. Passo 1 – Arranje um cesto. Mas também pode usar uma caixa ou um saco. O tamanho depende dos objetos que vai ter de apanhar. Não escolha nada muito pequeno (onde não consiga colocar nada) nem nada muito grande (que seja impossível de transportar).
    2. Passo 2 – Percorra cada divisão da casa e “apanhe” os objetos “soltos” e que não pertencem a essa divisão. Coloque-os no cesto. Pode fazer todos os dias ou reservar um dia por semana para o fazer.
    3. Passo 3 – Devolva os objetos ao seu lugar. Pode fazer no momento ou então juntar os objetos durante a semana e depois reservar um dia (por exemplo ao fim-de-semana) para os devolver ao lugar. Eu prefiro colocar logo no sítio. Mas ajuste ao seu gosto.
    4. Passo 4 – Aprecie e desfrute a sua casa em ordem!
  16. Não procrastinar ou deixar para depois – A regra principal da vida de uma pessoa organizada é dizer não à procrastinação. Aposto que já ouviu imensas vezes o ditado “não deixe para amanhã, o que pode fazer hoje” esse terá de ser o seu lema a partir de hoje!