Como fazer Destralhe

Se na aula anterior expliquei a diferença entre arrumar e organizar, nesta aula quero falar-lhe do conceito de destralhe ou descarte. Provavelmente já ouviu falar antes disto, mas acho que é importante que perceba o que é e como é feito de forma correta, com algumas dicas que lhe vou dar.

Destralhar ou fazer descarte é uma das etapas do processo de organização e consiste em remover as coisas ou objetos que já não quer, em livrar-se das tralhas, do que é inútil e sem valor, libertando esse espaço. O ato de fazer destralhe ajuda a se libertar dos excessos e vai trazer certamente uma sensação de leveza e paz. Destralhar vai ajudar a poupar tempo na limpeza e arrumação da casa e a tempo à procura das suas coisas.

É muito importante que perceba que é preciso passar por este passo antes de organizar. Aliás, verá que em cada aula, terá mesmo de passar por uma etapa de destralhe antes de efetivamente organizar as suas coisas. Sim, porque não existe maior perda de tempo do que organizar o que é para deitar fora. Principalmente porque é necessário ter uma noção de quantidade para poder encontrar o melhor local para guardar esse objeto. Por isso é que é tão importante eliminar o que está a mais para depois organizar o que é para ficar.

Parece bem simples, mas por vezes, é nesta fase que a pessoa bloqueia, pois é incapaz de se desfazer das coisas. 


COMO FAZER DESTRALHE

  1. Reserve um tempo na sua agenda e evite distrações de forma a poder aproveitar o momento ao máximo. Pode colocar uma musica para ajudar e pedir ajuda se alguém.
  2. Prepare cestos, caixas ou sacos para fazer a seleção. Use os cartões de destralhe disponíveis nesta aula para ajudar: lixo, reciclar, arranjar, devolver, ficar e doar. Crie mais categorias se fizer sentido para si.
  3. Junte todos os objetos de determinada divisão e comece a separar por categorias. 
  4. Dentro dessas categorias comece a fazer escolhas.
  5. Perguntas que se pode fazer:
    • Usei nos últimos meses? 
    • Vou usar nos próximos meses?
    • Com que frequência uso?
    • Gosto disto? 
    • Fica-me bem? 
    • Que valor isto dá à minha vida?
    • Se mudasse de casa levava isto comigo?
    • Tenho mais do que um objeto igual ou para o mesmo propósito?
    • Combina comigo e com a vida que tenho atualmente?
    • Faz-me feliz?
    • Posso pedir este objeto emprestado?
    • Comprava de novo?
    • Funciona?
    • Está estragado? 
    • Tem arranjo?
    • Faria-me falta se eu não tivesse este artigo?
  6. Com a escolha feita, separe os itens que vai guardar e tudo o resto deve ser retirado da divisão e dado o devido seguimento, ou seja, colocar no lixo, reciclar, devolver.

COMO EVITAR ACUMULAR OBJETOS NOVAMENTE?

A acumulação de objetos é fácil, por isso, para evitar cair outra vez na tentação de encher a sua casa de coisas, é precise que mude o seu mindset e o chip na forma como consome:

  • Fazer comprar mais conscientes e não comprar só por comprar. Comprar por impulso é seu pior inimigo.
  • Aprenda a dizer não. Evite aceitar objetos ou levar para casa coisas que sabe que não precisa.
  • Use o “espaço disponível” como “baliza” para a quantidade de objetos que pode ter, isto é essencial se tem pouco espaço.
  • Use a regra de entra um sai um.
  • Nunca deixe de destralhar. Continue a fazer destralhe mesmo depois de ter organizado.

ONDE ENTREGAR OS OBJETOS QUE JÁ NÃO QUER?

Aqui deixo algumas dicas do que pode fazer com os objetos que já não quer, mas que ainda estão em condições de ser doados. Dependendo dos objetos pode entregar em:

  • Instituições de Solidariedade Social
  • Escolas
  • Bibliotecas
  • Lares ou Centros de Dia
  • Igrejas
  • Clínicas ou Hospitais (exemplo: IPO)
  • Entregar em lojas – algumas lojas aceitam eletrodomésticos antigos
  • Centros de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE)
  • Ponto Electrão – para eletrodomésticos de menores dimensões como varinhas mágicas, telemóveis, batedeiras, máquinas de barbear
  • Algumas Câmaras Municipais têm um serviço de recolha de monos – evite colocar na rua
  • Colocar em ecopontos específicos – a Camara de Cascais tem vários ecocentros onde é possível colocar: cabos elétricos, lâmpadas, rolhas, latas de spray, livros e revistas, rolhas ou caricas.

DICAS

  • Se nunca fez destralhe antes, pode começar por algo pequeno como uma gaveta. Assim começa a ganhar “coragem”.
  • Um incentivo para dar conta do recado pode ser colocar um temporizador e definir um tempo para fazer esta tarefa. 15 minutos, 30 minutos…tudo depende da quantidade de coisas. A pressão pode ajudar a tomar decisões ou não. Escolha o que faça sentido para si.
  • Não comece nunca por itens sentimentais. Estes são os itens mais difíceis de escolher por isso deixe-os para o fim. Exemplos: fotografias, objetos de família, coleções, etc.

TAREFAS DESTA AULA

  1. Imprima os Cartões de Destralhe_Descarte, disponíveis nesta aula para ajudar na organização de cada divisão da sua casa. Sugiro que os imprima e que os vá utilizando sempre que precisar de fazer o destralhe de determinada divisão. Pode até mandar plastificar!
  2. Use estas dicas ao longo das próximas aulas para fazer um bom destralhe!

FICHEIROS DE APOIO